Silxata's Blog

Porque eu seria menos sem as palavras.

Sobre o tempo que insiste em passar…

em dezembro 15, 2011
É um privilégio estar VIVO, ter o poder se escolher e seguir suas escolhas…de simplesmente ir ao encontro de seu presente-futuro através de seus próprios meios.
Tem muita gente só SOBREVIVENDO por aí, repetindo os dias, como se fossem eternos e sempre tivessem o TEMPO para adiar, para o depois…

O tempo cronometrado é uma invenção humana, talvez para dar a idéia de que tem algum nível de controle sobre, para realizar algo…

Mas, vou te contar um segredo, ele simplesmente não espera, não entende sua hesitação ou receio de arriscar mais. É impiedoso. Quando você parar para pensar nele, já foi.

E se você anda por aí, como os demais, apenas na superfície das coisas, acuado em sua medíocre zona de conforto, esperando pela oportunidade alheia de SER um usuário da SUA PRÓPRIA VIDA, é um forte candidado a não ter nenhuma história para contar, nenhuma cicatriz de batalha, nem lembranças, nem saudades…

Talvez algum dinheiro, algum status…para morrer igualmente a qualquer ser humano que nunca os teve.

Porque quando você for embora, de que adiantará a sobrevivência?

O tempo não espera pelos seus medos.

 

 

O menino do tempo anda rondando os que o usam como desculpa para não viver…ele o mantém distraído no relógio, enquanto sua vida vai se dissolvendo lá fora. (S.D.)

 

About these ads

2 respostas para “Sobre o tempo que insiste em passar…

  1. Poetinha Feia disse:

    O tempo não espera que realizemos todos os nossos sonhos e desejos para depois aproveitarmos o tempo para sermos felizes. Ficamos planejando tudo para ter um futuro melhor e não percebemos que o futuro é agora.
    O tempo de ser feliz é o presente!
    O texto que escrevi “Ao Menino do tempo” foi em resposta para um post de um blog querido que gosto muito. (http://lenottidicabiria.blogspot.com/) Quando tiver um tempo passe lá…
    Obrigada por seus comentários lá no blog. Me fizeram refletir um bocado.
    Apareça sempre! Vamos estabelecer um diálogo entre nossos blogs.
    Bjinhos

  2. Danilo Hudson disse:

    Preciso dizer o quanto sou grato por poder ler esses “pensamentos públicos” de Silmara?! Acho que não, né?!

    Parabéns pela mente, Sil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: